Gestão ambiental para a sustentabilidade dos Fundos de Pastos no Semiárido baiano

Text Resize

-A +A
Descrição 

Os sistemas de produção de caprinos e ovinos em Fundos de Pasto no Semiárido baiano, no qual rebanhos de vários produtores são criados soltos em áreas de vegetação nativa sem divisões demarcatórias de propriedades, correspondem a importante atividade econômica e de subsistência para as comunidades tradicionais de agricultores familiares, baseada no uso e preservação da biodiversidade da Caatinga. A sustentabilidade desse tipo de produção, no entanto, depende do respeito sobre a capacidade de suporte das áreas de uso coletivo, o que já é praticado de forma empírica por algumas comunidades. Faz-se necessário, no entanto, instrumentalizar tanto as organizações dos produtores quanto os órgãos competentes de instrumentos de gestão capazes de assegurar a perpetuação desse importante meio de produção em sequeiro característico do Semiárido baiano.

Categoria do Artigo 
Socioeconomia