Os desafios e as perspectivas de universalizar a ATER para a agricultura familiar na Bahia

Text Resize

-A +A
Descrição 

Acompanhando o movimento nacional de restabelecimento da política pública de Assistência Técnica e Extensão Rural (ATER), com o Governo Lula, a Bahia começa, com a posse do Governador Jacques Wagner, a enfrentar o problema da desestruturação deste importante serviço aos agricultores/as baianos, depauperada, ano a ano, pelos sucessivos governos e fechamento da Empresa Brasileira de Assistência Técnica (EMBRATER) e do Sistema Brasileiro de Assistência Técnica (SIBRATER). Ao mesmo tempo em que a crise na assistência técnica para a agricultura familiar está estabelecida, há também um conjunto de potencialidades que precisam ser adequadamente utilizadas para a reversão da situação atual e execução de uma nova ATER.

Categoria do Artigo 
Socioeconomia