Governo federal vai autorizar leilão de venda de 500 mil toneladas de milho

Text Resize

-A +A

Compartilhar

09/06/2016
Ministério da Agricultura
Area de Interesse 
Desenvolvimento Agrícola

Governo federal vai autorizar leilão de venda de 500 mil toneladas de milho

Medida visa conter alta dos preços de carne de frango e de suínos, diz secretário de Política Agrícola

 

Quinhentas mil toneladas de milho dos estoques públicos serão liberadas para leilão de venda a agroindústrias de suínos e aves e a produtores de leite. A resolução do Conselho Interministerial de Estoques Públicos de Alimentos (Ciep) foi acertada em sua última reunião e será publicada nos próximos dias no Diário Oficial da União.
 
“A medida visa conter a alta dos preços no mercado interno das carnes de frango e de suínos, que têm no cereal a base da alimentação”, ressaltou o secretário de Política Agrícola do Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento, Neri Geller, ao participar nesta quinta-feira (9) do anúncio do 9º levantamento da safra de grãos safra 2015/2016, em Brasília.
O grão está armazenado principalmente em Mato Grosso. O interessado no leilão deverá transportar o produto para as regiões deficitárias como a região Sul e Nordeste do país.
 
O secretário disse que, para regular o abastecimento de milho, está ocorrendo o reposicionamento do milho vendido antecipadamente para o mercado externo. “Temos 70% da produção de milho do Centro-Oeste com venda antecipada para o mercado internacional. Com o comércio interno aquecido e os estoques mundiais que não estão tão baixos, está acontecendo a recompra do produto para abastecer o mercado doméstico. Uma trading do Centro-Oeste, por exemplo, recomprou 5 mil toneladas de milho de uma empresa exportadora. E muitas outras estão fazendo o mesmo”, salientou Geller.
 
Apesar da queda na produção da primeira safra de milho ter atingido 12,8% em relação ao ciclo anterior, Neri Geller está otimista nos números da segunda safra deste grão, pois as últimas chuvas acabaram por fortalecer a produção, sobretudo, em Mato Grosso. “No próximo anúncio da Conab, daqui a 30 dias, já vamos ter a recuperação no levantamento da safra do cereal”.
 
Venda em balcão
 
Uma resolução do Ciep do último dia 25 já autorizou a venda em balcão de 162 mil toneladas de milho para beneficiar os pequenos produtores das regiões Sul e Nordeste que usam o milho na alimentação dos animais. Os criadores compram o produto nos balcões da Companhia Nacional de Abastecimento (Conab) pelo preço médio de mercado na região. 
 
Plano agrícola e pecuário 2016/2017
 
Ao ser questionado durante o anúncio da safra da Conab, sobre o próximo Plano Agrícola e Pecuário, Neri Geller afirmou que não haverá alterações e sim realocação de recursos de um programa para outro. 
 
“Pretendemos redirecionar para a linha de financiamento do Moderfrota (Programa de Modernização da Frota de Tratores Agrícolas e Implementos Associados e Colheitadeiras) mais R$ 1,5 bilhão, totalizando R$ 7,5 bilhões. Para a agricultura irrigada, o Moderinfra (Programa de Incentivo à Irrigação e à Armazenagem) receberá mais R$ 450 milhões, somando R$ 1 bilhão; e o Programa para Construção e Ampliação de Armazéns (PCA), sairá de R$ 1,4 bilhão para R$ 3 bilhões”. 

Exibir no Canal do Agroinvestidor? 
0