Seagri estuda viabilizar o aumento das exportações do agronegócio pelo Terminal Marítimo de Salvador

Text Resize

-A +A

Compartilhar

19/07/2019

O secretário da Agricultura, Pecuária, Irrigação, Pesca e Aquicultura do Estado da Bahia (Seagri), Lucas Costa, visitou o Terminal de Contêineres de Salvador (Tecon) para conhecer o atendimento logístico portuário para o exportador do segmento do agronegócio. Acompanhado do superintendente de Política do Agronegócio da Seagri, Marcílio Menezes, e do superintendente federal do Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Mapa) na Bahia, Paulo Emílio, eles foram recebidos pelo diretor-executivo do Tecon Salvador, Demir Lourenço Júnior, e a gerente comercial, Patrícia Iglesias, no último dia 9 deste mês.

Eles conheceram toda a infraestrutura existente que atende à demanda de exportação da produção agrícola e agropecuária do Estado. O secretário solicitou um estudo de viabilidade para a expansão da exportação dos produtos do agronegócio pelo terminal, com as etapas necessárias para que este objetivo seja alcançado, inclusive com o que pode ser articulado pela secretaria.

“Estamos trabalhando para aumentar e melhorar a produção de todas as cadeias produtivas da Bahia. Muitos produtores já têm a capacidade de ampliar a venda das commodities para os seus mercados consumidores, podendo gerar uma demanda de ampliação das rotas de exportação que conectam a produção da Bahia pelo terminal marítimo de Salvador para o resto do mundo”, afirmou o secretário.

Os principais produtos do agronegócio baiano que são exportados pelo Tecon são o algodão do Oeste baiano, com o pico de exportações ocorrendo nos meses de setembro, outubro e novembro, transportando uma média de dez mil contêineres carregando 250 mil toneladas da fibra; além de 7.538 mil quilos de mangas e 3.302 mil quilos de uvas produzidas no Vale do Rio São Francisco, com uma média de 6.900 contêineres. A demanda é por novos serviços de exportação para o mercado asiático e para os países do Oriente Médio e da África.

Os produtos do segmento do agronegócio que passam pelo Terminal de Salvador são: açúcar e derivados; algodão e subprodutos; arroz; cacau e derivados; café e derivados; carnes diversas; celulose e papel; couros e peles; frutas (principalmente manga e uva); madeira e suas obras; sisal e derivados; sucos e polpas e produtos têxtis.

O Tecon possui infraestrutura adequada para a exportação do setor agropecuário, com rotas, equipamentos, segurança, tecnologia, navios de grande porte, contêineres refrigerados e cais para cabotagem.

Ascom Seagri

Letícia Belém

Foto: Marcílio Menezes