Contratação do Plano Safra começa em julho

Text Resize

-A +A

Compartilhar

22/06/2020

O Plano Safra 2020-2021 destina R$ 236,3 bilhões para apoiar a produção agropecuária nacional, um aumento de R$ 13,5 bilhões em relação ao plano anterior. Os financiamentos poderão ser contratados junto a agentes bancários credenciados de 1º de julho de 2020 a 30 de junho de 2021.

As taxas de juros para os grandes produtores estão na faixa dos 6% ao ano, enquanto que para os de porte médio ficam na casa dos 5%.

O desafio agora é de que os bancos não burocratizem o processo de aquisição do financiamento por parte do produtor rural, viabilizando a chegada rápida dos recursos ao agronegócio. Isso para que as atividades no campo possam contribuir ainda mais para o reerguimento da economia brasileira, como acontece na Bahia, onde a capacidade produtiva do setor vem se somando a um crescimento de tecnologia empregada, construindo cenário que se destaca de forma favorável em um momento de economia impactada pela pandemia da Covid-19.

Diferente da maioria dos setores produtivos, há números positivos no agronegócio a serem ressaltados. Nesse momento, por exemplo, as máquinas estão em campo realizando a colheita do algodão, que tem este ano 313,5 mil hectares plantados na Bahia, sendo 97,44% desse total na região Oeste. Atualmente, o algodão da Bahia é considerado o de melhor qualidade em todo o mundo.