Ministério da Agricultura estima que Bahia terá Valor Bruto da Produção Agropecuária (VBP) de R$ 41,16 bilhões em 2020

Text Resize

-A +A

Compartilhar

18/12/2020

Em um momento em que a economia baiana está fortalecida com as exportações no setor do agronegócio, a China se consolida como o principal destino das exportações do estado. Somente o país asiático foi responsável, de janeiro a novembro deste ano, por 48,66% das vendas do agronegócio baiano para o exterior, seguido da União Europeia (22%), Estados Unidos (6%), Turquia (3%) e Paquistão (2,9%).

Destaca-se que o PIB do agronegócio baiano registrou expansão de 5,8% no terceiro trimestre de 2020 na comparação com o mesmo trimestre de 2019, conforme dados da Superintendência de Estudos Econômicos e Sociais da Bahia (SEI). Também no terceiro trimestre de 2020, o PIB do agronegócio totalizou R$ 17,2 bilhões, ou seja, 23,4% do PIB total da Bahia no mesmo período, que chegou a R$ 74 bilhões. No ano, a participação do agronegócio é de 24,4% do total do PIB baiano. Também para o ano de 2020, a estimativa é de que o Valor Bruto da Produção Agropecuária (VBP) chegue a R$ 41,16 bilhões, segundo dados do Ministério da Agricultura, o que representa um aumento de 13% em comparação com 2019, quando o valor chegou a R$ 36,4 bilhões.

No mês de novembro, a Bahia foi o sexto maior estado exportador do Agro no Brasil e o primeiro no Nordeste. O destaque se soma a outros dados positivos, que mostram uma tendência ascendente do setor. No acumulado de janeiro a novembro, os produtos mais exportados da Bahia foram soja (44,2%) florestais (24,8%), fibras e têxteis (14,22%) e frutas (4,44%).

 

Texto e Imagem: Ascom SEAGRI