Diminuição do imposto do milho em grão nas operações interestaduais beneficia várias atividades do Agro

Text Resize

-A +A

Compartilhar

13/07/2021

Foi publicado no Diário Oficial o Decreto nº 20.578, de 06 de julho de 2021, que diminui o ICMS do milho em grãos, nas operações interestaduais, de 12% para 2%. A decisão do Governo da Bahia por baixar o Imposto sobre Circulação de Mercadorias e Serviços acaba por beneficiar toda a cadeia produtiva do grão, impactando positivamente em diversas atividades do Agro, além do beneficiamento e do comércio do produto.
O milho é responsável por 70 a 80% da composição da ração animal, alimentando, aves, suínos, bovinos, caprinos e ovinos. Então, a diminuição do imposto é uma estratégia para não só forçar para baixo o preço do milho em grão, como também dos ovos de galinha, das carnes desses animais e do leite. 
“O milho é essencial no processo de cria e engorda de suínos e aves, o que faz com que seu preço impacte nos custos de criação dos animais, com efeito direto no desempenho desses segmentos. Além disso, o milho é ingrediente energético para a ração de animais em atividade leiteira, dentre outras utilizações. Daí a importância e a grande pertinência desse decreto assinado pelo governador Rui Costa”, comentou o secretário da Agricultura, Pecuária, Irrigação, Pesca e Aquicultura da Bahia, João Carlos Oliveira.

 

Texto: Ascom Seagri
Foto: Divulgação
Foto manipulada: Ascom SEAGRI