Embrapa Semiárido começa amanhã (28), de forma conjunta, dois simpósios e um workshop

Text Resize

-A +A

Compartilhar

27/09/2021

A Embrapa Semiárido, juntamente com as instituições parceiras, realiza de forma conjunta do VI Simpósio de Mudanças Climáticas e Desertificação no Semiárido (SMUD), III Simpósio do Bioma Caatinga (Sibic) e VII Workshop de Sementes e Mudas da Caatinga (WSMC), no período de 28 a 30 de setembro de 2021. O evento on-line terá como objetivo reunir especialistas para discutir as inovações e os desafios da proteção ambiental e do desenvolvimento sustentável no Semiárido frente às alterações climáticas. Assim, dará continuidade aos debates e discussões técnicas e científicas iniciadas nos eventos anteriores e consolidará as redes de P&D sobre “Adaptação e Proteção Ambiental”. As inscrições são gratuitas.

 

A realização conjunta do VI Smud, III Sibic e VII WSMC permitirá uma união de esforços, pois tratam-se de eventos com temas similares. Ao longo dos últimos anos, a edição desses eventos tem contribuído para o avanço do conhecimento e para a interação entre as instituições de pesquisa e ensino. As informações geradas representam um papel importante na proposição e adoção de políticas públicas decorrentes da necessidade de aumentar a capacidade adaptativa da sociedade e da economia regional frente às mudanças climáticas.

 

A abordagem dos eventos abrange temas pertencentes aos Objetivos de Desenvolvimento Sustentável (ODS), como a preservação e conservação do meio ambiente, com ações para evitar o desmatamento, a proteção das florestas e da biodiversidade, o combate à desertificação e a adoção de medidas efetivas contra mudanças climáticas. Além da dimensão ambiental, os eventos atuam na discussão das necessidades humanas, de educação, melhoria da qualidade de vida e justiça, envolvendo a temática social. E atua, também, na dimensão econômica e institucional, permitindo a adoção dos ODS e o alcance das metas da Agenda 2030.

 

Em razão das restrições impostas pela pandemia de Covid-19, o evento será on-line, por meio de videoconferência e telepresença, com o uso de plataforma digital. O formato irá possibilitar o acesso a um maior número de participantes e a uma maior diversidade de localidades de origem, enriquecendo ainda mais as discussões.

 

Para outras informações, acesse o site da Embrapa e para realizar a inscrição, clique AQUI.

 

Texto: Embrapa
Foto: Divulgação